Nasceu Benjamim | Ronaldo Correia de Brito | site oficial
1700
post-template-default,single,single-post,postid-1700,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Nasceu Benjamim

Senti-me igual ao patriarca Jacó. Meus descendentes já somam oito seres vivos e amados: uma filha, dois filhos, três netas e dois netos. E mais duas noras e um genro.

Benjamim é o neto caçula, filho do filho mais novo. Penso em chamá-lo Ben, que significa simplesmente filho.

Benjamim é um nome familiar. Trata-se do segundo filho de Jacó e Raquel, com quem ele também teve José. Quando eu completei 7 anos, meu pai me pediu que lesse um trecho da narrativa de José do Egito, na nossa História Sagrada de casa. Fiquei de pé e fiz uma leitura correta. Papai olhou para mim e falou que eu abrira as portas do mundo.

Aconselho a vocês que releiam. A Bíblia é um livro de narrativas e pode ser lida por qualquer pessoa, sem que professe fé ou religião. Eu a leio como ao Mahabharata, o Ramayana, a Epopeia de Gilgamesh ou a Teogonia de Hesíodo. 

Espero viver o bastante para contar histórias da tradição oral e ler bons livros para Benjamim. Tive a sorte de nascer numa família de narradores e leitores. Quando fiquei suspeito de Covid, disse ao filho que acaba de ingressar na paternidade que gostaria de ver Benjamin completar 10 anos. Quero muito que os meus netos me amem e lembrem-se de mim, quando eu morrer.

Minha avó, que viveu 97 anos, conheceu a quinta geração depois dela, o neto de sua bisneta, o tetraneto. Sempre amei essa mulher longeva, não seria quem sou sem o exemplo de sua coragem e alegria.

Ah, quando relerem a História de José, na Bíblia, se animem em ler o romance de Thomas Mann, José e seus irmãos.

Aproveito o espaço e transcrevo o belo soneto de Camões:

 

Sete anos de pastor Jacó servia
Labão pai de Raquel, serrana bela;
mas não servia ao pai, servia a ela,
e a ela só por prêmio pretendia.

Os dias, na esperança de um só dia,
passava, contentando-se com vê-la;
porém o pai, usando de cautela,
em lugar de Raquel lhe dava Lia.


Vendo o triste pastor que com enganos
lhe fora assim negada a sua pastora,
como se a não tivera merecida;

começa de servir outros sete anos,
dizendo: – Mais servira, se não fora
para tão longo amor tão curta a vida.

No Comments

Post A Comment